'Não se vacine': mensagem em caminhão funerário promove campanha contra a Covid, nos EUA

Uma agência de publicidade local chamada BooneOakley revelou em sua conta no Twitter que eles foram os responsáveis pela campanha

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 -  Quem foi assistir ao jogo do Carolina Panthers contra New Orleans Saints no centro de Charlotte, nos Estados Unidos, neste domingo, se deparou com uma mensagem inusitada em um caminhão que percorria as ruas da cidade. Com a frase “Não se vacine” estampada na lateral junto à marca e ao site da funerária “Wilmore Funeral Home”, o veículo se tornou alvo de polêmica e dividiu opiniões nas redes sociais. A reportagem é do jornal O Globo. 

Por um lado, houve quem acreditasse que a campanha foi uma boa ideia para estimular a vacinação. “Todos sabem que adoro uma boa tática de marketing, essa é uma boa”, disse a estudante Katie Guenther no Twitter. Já Lisa Gearries, embora imunizada, não achou a propaganda de bom tom: "Estou vacinada, mas esta é claramente a coisa mais estúpida que já vi”, postou em sua conta na mesma rede social.

No entanto, quem acessou o site que vinha junto à mensagem no caminhão descobriu que o estabelecimento “Wilmore Funeral Home” não existe. Na verdade, o endereço da web levava os usuários a uma página em que dizia “Vacine-se agora. Se não, nos vemos em breve”, com um link para um outro site de uma empresa de saúde chamada StarMed que detalhava os registros das vacinas disponíveis nos EUA.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email