Programa Covax, da OMS, entregará 2 bilhões de doses de vacina para países de baixa e média renda

A iniciativa dirigida pela aliança de vacinas Gavi e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que visa entregar 1,3 bilhão de doses de vacinas aprovadas no próximo ano para 92 economias elegíveis de baixa e média renda

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A aliança Covax, que visa garantir vacinas contra Covid-19 para as pessoas mais vulneráveis do mundo, disse nesta sexta-feira, 18, que obteve acesso a quase 2 bilhões de doses, quase dobrando seu suprimento, com as primeiras entregas sendo esperadas no primeiro trimestre de 2021.

A iniciativa dirigida pela aliança de vacinas Gavi e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que visa entregar 1,3 bilhão de doses de vacinas aprovadas no próximo ano para 92 economias elegíveis de baixa e média renda.

Todas as 190 economias que concordaram em participar do programa “terão acesso às doses no primeiro semestre de 2021, com as primeiras entregas previstas para começar no primeiro trimestre de 2021 --dependendo de aprovações regulatórias e da prontidão dos países para entrega”, o programa informou em um comunicado.

“Os anúncios de hoje oferecem o caminho mais claro para acabar com a fase aguda da pandemia, protegendo as populações mais vulneráveis em todo o mundo”, acrescentou.

Novos acordos anunciados nesta sexta-feira incluem um acordo de compra antecipada com a AstraZeneca para 170 milhões de doses e um memorando de entendimento para 500 milhões de doses da Johnson & Johnson.

A Gavi, uma aliança de empresas farmacêuticas, governos, organizações internacionais e instituições de caridade privadas para desenvolver programas globais de vacinas, estabeleceu o Covax em abril com a OMS para garantir o acesso às vacinas contra Covid-19 a países pobres e de renda média.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email