Quase metade das vacinas do mundo estão com os países mais ricos

O Banco Mundial falou que 90% das vacinas no mundo são injetadas em países de alta ou média-alta renda. Enquanto isso, cerca de ¼ da população mundial - 1,84 bilhão de pessoas - vivem em países onde ainda não foram vacinados

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Cerca de 45% das 200 milhões de doses da vacina, administradas em 107 países e territórios, estão concentradas em países ricos, do chamado G7 - Estados Unidos, Canadá, França, Reino Unido, Alemanha, Itália e Japão - segundo a AFP. Este grupo de sete países, porém, responde por apenas 10% da população mundial.

Estes países, na sexta-feira, 19, anunciaram que vão dobrar o apoio à vacinação contra o coronavírus, que chegará a 7,5 bilhões de dólares, principalmente por meio do programa Covax, administrado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O programa é para financiar doses para países mais pobres.

O Banco Mundial falou que 90% das vacinas no mundo são injetadas em países de alta ou média-alta renda, o que vai além dos países do G7. Enquanto isso, cerca de ¼ da população mundial - 1,84 bilhão de pessoas - vivem em países onde ainda não foram vacinados.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email