“Não escutem o que ela está dizendo”, diz Omar Aziz sobre Nise Yamaguchi, médica do tratamento precoce

Após vídeos na CPI apontarem que a médica Nise Yamaguchi defendeu em 2020 publicamente a cloroquina, imunidade de rebanho e isolamento social, o presidente da CPI, Omar Aziz, subiu o tom e apelou aos brasileiros: “não escutem o que ela está dizendo”. “A senhora está omitindo informações e voltará na condição de convocada”, anunciou

Omar Aziz e Nise Hitomi Yamaguchi
Omar Aziz e Nise Hitomi Yamaguchi (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado | Jefferson Rudy/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Após vídeos apresentados na CPI apontarem que a médica Nise Yamaguchi defendeu publicamente em 2020 a cloroquina, imunidade de rebanho e o isolamento social, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), subiu o tom e apelou aos brasileiros: “não escutem o que ela está dizendo”.

O senador também ressaltou em sua fala que a médica, que presta depoimento à CPI nesta terça-feira (1) na condição de testemunha, “está omitindo informações e voltará na condição de convocada”. 

Aziz faz referência às respostas contraditórias de Nise. Apesar de os vídeos apontarem suas falas em defesa da cloroquina, contra a vacinação em massa e em defesa da imunidade de rebanho, aos senadores ela nega que tenha feito tal defesa ou afirma que não foi exatamente aquilo o que disse.

PUBLICIDADE

“A senhora retira então o que disse?”, perguntou em algumas ocasiões o relator Renan Calheiros (MDB-AL). “Não retiro”, respondeu Nise, mais uma vez se contradizendo.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) sugeriu que a sessão seja suspensa, para que Nise seja convocada (e não convidada) como testemunha.

PUBLICIDADE

Confira ao vivo a CPI da Covid na TV 247:


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email