Bolsonaristas pedem para Netflix retirar especial de Natal do Porta dos Fundos do ar

Um abaixo-assinado virtual pede o “impedimento do filme de Natal da Netflix e Porta dos Fundos, por ofender gravemente os cristãos”. Apoiadores de Jair Bolsonaro entraram na campanha e usaram as redes sociais para criticar

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Num ambiente de escalada autoritária, o tradicional Especial de Natal do Porta dos Fundos deste ano, "A Primeira Tentação de Cristo", enfrenta mais uma campanha de boicote, desta vez na plataforma de streaming Netflix, ao canal do YouTube e ao Poder Legislativo.

Um abaixo-assinado com a descrição diz: “Pelo impedimento do filme de Natal da Netflix e Porta dos Fundos, por ofender gravemente os cristãos”.

Apoiadores de Jair Bolsonaro entraram na campanha e usaram as redes sociais para engrossar o coro contra o Porta.

No especial de humor, Jesus é surpreendido com uma festa de aniversário de 30 anos. A certa altura, Maria e José, os pais do aniversariante, fazem uma revelação bombástica: ele foi adotado e seu verdadeiro pai é Deus.

O ator Carlos Vereza, que faz a defesa do governo Bolsonaro, disse que os comediantes do grupo “são lamentáveis como viventes”.

O Porta dos Fundos, por sua vez, ironizou o abaixo-assinado com um meme nas redes sociais. Por meio de nota, o grupo enfaitzou que "valoriza a liberdade artística e faz humor sátira sobre os mais diversos temas culturais e da nossa sociedade”.

Em novembro último, o Porta ganhou o Emmy Internacional pelo especial de Natal de 2018.

Em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a Netflix afirma que “valoriza e aprova a liberdade criativa dos artistas com quem trabalha, e reconhece também que nem todas as pessoas vão gostar desse conteúdo. Daí a liberdade de escolha oferecida pela empresa, em seu cardápio variado de opções, que inclui, por exemplo, novelas bíblicas”.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247