"Bolsonazismo é uma doença que assola o Brasil", diz Lobão

"O bolsonazismo é uma doença que assola o Brasil, uma doença paranóica, um delírio conspiratório. Mas eu acho ótimo, porque quanto mais cafonas eles são, mais mico pagam", diz o roqueiro Lobão, apoiador arrependido de Jair Bolsonaro, ao falar sobre o novo presidente da Funarte

247 - Apoiador arrependido de Jair Bolsonaro, o roqueiro Lobão afirma que o "bolsonazimos é uma doença que assola" o país. 

A declaração dada ao jornal O Globo ao comentar a nomeção do maestro Dante Mantovani para a presidência da Funarte (órgão do Governo Federal cuja missão é promover e incentivar a arte no país).

"O bolsonazismo é uma doença que assola o Brasil, uma doença paranóica, um delírio conspiratório. Mas eu acho ótimo, porque quanto mais cafonas eles são, mais mico pagam. Olavo de Carvalho dando conta da agenda de costumes do país, da educação, da cultura, usando todas as armas numa doutrina tirânica e retrógrada", disse o cantor que participou ativamente das manifestações convocadas por grupos de direita para pedir o impeachment de Dilma Rousseff.

Lobão se refere ao vídeo que circula nas redes sociais de Mantovani, que é dicípulo do guru do clã Bolosnaro Olavo de Carvalho, que o "rock ativa a droga que ativa o sexo que ativa a indústria do aborto".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247