Criolo: a força de uma nação passa pelo respeito aos professores

De Lisboa, onde está em turnê, o rapper paulista comenta a situação política atual, a prisão de Lula e enaltece o papel do professor

247 - Em entrevista a Stefani Costa, do canal HedFlow, de Lisboa, o rapper Criolo falou sobre o atual momento político brasileiro, a prisão do ex-presidente Lula e, claro, sua arte. A conversa aconteceu durante a passagem do artista paulista pela capital portuguesa pela turnê 'Boca de Lobo'.

Criolo enalteceu o papel do professor e criticou o que tem sido feito contra essa profissão. "Quando você diminui o salário do professor da escola pública, quando você ridiculariza a profissão do professor, você está fazendo lentamente todo um processo que vai culminar numa série de coisas", disse.

"Que quando eu tenho as dificuldades de compreensão do que vem a mim, tudo é possível de acontecer. Tudo de não bom é possível de acontecer também quando você pega o seu voto e trata como se fosse uma piada", prosseguiu.

Para Criolo, "quando você tem o papel do professor e da professora ridicularizado, você tem uma avalanche de situações que vai destruindo toda uma sociedade."

Questionado sobre a prisão de Lula, Criolo disse ser preciso "mexer nas peças do jogo", independentemente de sua saída da prisão, e respondeu não saber se o ex-presidente irá mesmo deixar a situação de preso político. Assista:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247