Duvivier: Eduardo Bolsonaro atacou minha mãe quando ela disse que iriam tirar cotas para trabalhadores com deficiência

Diante do encaminhamento de projeto de Jair Bolsonaro ao Congresso que propõe praticamente o fim de cotas para trabalhadores com deficiências nas empresas, o humorista Gregório Duvivier lembrou que sua mãe, a cantora Olívia Byington, foi chamada de mentirosa e oportunista por Eduardo Bolsonaro ao avisar que isto aconteceria

247 - Foi encaminhado nesta terça-feira (3) por Jair Bolsonaro um Projeto de Lei que praticamente propõe o fim da obrigatoriedade de cumprimento de cotas para trabalhadores com deficiência pelas empresas. O humorista Gregório Duvivier lembrou que sua mãe, a cantora Olívia Byington, foi atacada pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro por avisar que isto aconteceria.

Duvivier afirmou que à época, o deputado chamou sua mãe de mentirosa e oportunista. A reclamação de Olívia Byington foi, em 2015, acerca dos votos de Eduardo e Jair Bolsonaro contra a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), que beneficiou aproximadamente 45 milhões de pessoas portadoras de deficiências.

"Quando disse que Bolsonaro faria isso, minha mãe foi duramente atacada por Eduardo Bolsonaro. O filhote hamburgueiro fez vídeos com a imagem dela e do meu irmão - chamando de mentirosa e oportunista. E eis que acontece o que ela alertou. Cadê o zero2? Deve estar no Havaí comendo poke", escreveu Gregório.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247