Editora Contracorrente anuncia Prêmio Marielle Franco por ensaios sobre feminismo

O prêmio busca ensaios inéditos escritos por autoras mulheres – cis ou trans – em língua portuguesa sobre diversos aspectos do feminismo e concede um prêmio de R$ 10 mil à vencedora

O ex-deputado estadual e conselheiro afastado do TCE-RJ Domingos Brazão negou que conheça uma testemunha que aponta o miliciano Orlando Curicica e o vereador Marcelo Siciliano como responsáveis pela execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes
O ex-deputado estadual e conselheiro afastado do TCE-RJ Domingos Brazão negou que conheça uma testemunha que aponta o miliciano Orlando Curicica e o vereador Marcelo Siciliano como responsáveis pela execução da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes (Foto: Midia Ninja)

247 - No dia em que o assassinato da vereadora Marielle Franco completou dois anos, no último sábado 14, a Editora Contracorrente anunciou o Prêmio Marielle Franco, que premiará ensaios inéditos escritos por mulheres com o tema feminismo.

O “objetivo é reverenciar a memória e a luta da ex-vereadora por meio do incentivo ao pensamento feminista”, descreve a editora. “Num cenário marcado pelo ódio à cultura, à inteligência e à diversidade, a Editora Contracorrente pretende fortalecer o pensamento crítico e voz feminista no país”, acrescenta o anúncio da premiação.

Os textos, que devem ser escritos por mulheres – cis ou trans – em língua portuguesa  e enviados até o dia 14 de junho pela internet serão avaliados por três notáveis figuras: Sueli Carneiro, Marcia Tiburi e Anielle Franco.

Informações gerais

Público: Escritoras mulheres – cis e transCategoria: Ensaios sobre feminismoForma de inscrição: formulário e upload online de arquivoPremiação: publicação do ensaio + R$ 10.000,00Prazo: os textos podem ser entregues até o dia 14/06

Acesse aqui o link para o edital e o formulário de inscrição.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247