Erro histórico na entrega do Oscar está sendo investigado

Responsáveis pelo Oscar investigavam nesta segunda-feira, 27, a confusão constrangedora envolvendo a premiação para melhor filme, que no final ficou com o drama sobre um jovem negro "Moonlight", depois de uma cerimônia marcada por piadas políticas e incidentes menores; "Estamos no momento investigando como isso aconteceu e lamentamos profundamente que isso tenha ocorrido", disse a empresa Pricewaterhouse Coopers

Responsáveis pelo Oscar investigavam nesta segunda-feira, 27, a confusão constrangedora envolvendo a premiação para melhor filme, que no final ficou com o drama sobre um jovem negro "Moonlight", depois de uma cerimônia marcada por piadas políticas e incidentes menores; "Estamos no momento investigando como isso aconteceu e lamentamos profundamente que isso tenha ocorrido", disse a empresa Pricewaterhouse Coopers
Responsáveis pelo Oscar investigavam nesta segunda-feira, 27, a confusão constrangedora envolvendo a premiação para melhor filme, que no final ficou com o drama sobre um jovem negro "Moonlight", depois de uma cerimônia marcada por piadas políticas e incidentes menores; "Estamos no momento investigando como isso aconteceu e lamentamos profundamente que isso tenha ocorrido", disse a empresa Pricewaterhouse Coopers (Foto: Aquiles Lins)

LOS ANGELES (Reuters) - Responsáveis pelo Oscar investigavam nesta segunda-feira a confusão constrangedora envolvendo a premiação para melhor filme, que no final ficou com o drama sobre um jovem negro "Moonlight", depois de uma cerimônia marcada por piadas políticas e incidentes menores.

Num erro que chocou a plateia do Dolby Theatre em Hollywood e o público de todo o mundo que assistia pela TV, os apresentadores Warren Beatty e Faye Dunaway disseram primeiramente que o vencedor havia sido o musical romântico "La La Land", tido como favorito para melhor filme (leia mais).

Com os elencos dos dois filmes constrangidos no palco, Beatty explicou que ele havia recebido o envelope errado.

A PricewaterhouseCoopers, que monitora as votações, confirmou o engano.

"Estamos no momento investigando como isso aconteceu e lamentamos profundamente que isso tenha ocorrido", disse a empresa em comunicado, desculpando-se com “Moonlight”, “La La Land”, Beatty, Faye Dunaway e os espectadores.

Confira vídeo sobre o erro épico do Oscar: 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247