Gabriela Pugliesi pode ter verbas cortadas para seu reality

Uma petição online pede o cancelamento da captação da verba de R$ 2,4 milhões, via Lei Rouanet, para a produção do reality show 'A Vida é Mara', que pretende mostrar a rotina da blogueira Gabriela Pugliesi; o abaixo-assinado reúne mais de 17 mil assinaturas até esta sexta (8).A petição, que não tem autor identificado, acusa Pugliesi de incentivar "transtornos alimentares e de imagens" com suas postagens e vídeos, argumentando que "a maioria dos seguidores são adolescentes em fase de desenvolvimento de personalidade"

Uma petição online pede o cancelamento da captação da verba de R$ 2,4 milhões, via Lei Rouanet, para a produção do reality show 'A Vida é Mara', que pretende mostrar a rotina da blogueira Gabriela Pugliesi; o abaixo-assinado reúne mais de 17 mil assinaturas até esta sexta (8).A petição, que não tem autor identificado, acusa Pugliesi de incentivar "transtornos alimentares e de imagens" com suas postagens e vídeos, argumentando que "a maioria dos seguidores são adolescentes em fase de desenvolvimento de personalidade"
Uma petição online pede o cancelamento da captação da verba de R$ 2,4 milhões, via Lei Rouanet, para a produção do reality show 'A Vida é Mara', que pretende mostrar a rotina da blogueira Gabriela Pugliesi; o abaixo-assinado reúne mais de 17 mil assinaturas até esta sexta (8).A petição, que não tem autor identificado, acusa Pugliesi de incentivar "transtornos alimentares e de imagens" com suas postagens e vídeos, argumentando que "a maioria dos seguidores são adolescentes em fase de desenvolvimento de personalidade" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma petição online pede o cancelamento da captação da verba de R$ 2,4 milhões, via Lei Rouanet, para a produção do reality show 'A Vida é Mara', que pretende mostrar a rotina da blogueira Gabriela Pugliesi. O abaixo-assinado reúne mais de 17 mil assinaturas até esta sexta (8).

A petição, que não tem autor identificado, acusa Pugliesi de incentivar "transtornos alimentares e de imagens" com suas postagens e vídeos, argumentando que "a maioria dos seguidores são adolescentes em fase de desenvolvimento de personalidade". O texto diz ainda que a blogueira "responde a vários processos criminais por exercício ilegal da profissão" nos órgãos de classe de nutricionistas e educadores físicos.

Anunciado recentemente, o projeto do reaity show quer mostrar a intimidade e o dia a dia de Pugliesi, que reúne mais de 3,6 milhões de seguidores só no Instagram postando fotos e vídeos de sua rotina fitness. Produzido pela Rio Cinema Digital Produções Audiovisuais, o programa foi autorizado a captar recursos via lei Rouanet, que permite que empresas e pessoas físicas descontem do Imposto de Renda parte do dinheiro repassado a iniciativas culturais.

A petição pede o cancelamento da captação, "visto que este é proveniente de recursos públicos oriundo de impostos e deve ser utilizado por pessoas que atendam os minimos requisitos de um cidadão que age dentro da lei".

Gabriela Pugliesi disse ao UOL que foi convidada pela produtora Rio Cinema Digital, mas não deve seguir com o projeto do reality. "Não me senti à vontade com o formato do programa e portanto não daremos andamento."

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email