Mano Brown: “O Brasil hoje tá feião e sem maquiagem”

"O Brasil sempre foi feio, mas antes tinha maquiagem", afirmou o rapper em live com o médico Dráuzio Varella

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O rapper Mano Brown, líder dos Racionais, participou no final da tarde desta quarta-feira (24) de uma live com o médico Dráuzio Varella em que falou sobre o racismo, o rap, a pandemia do coronavírus e a atual situação política do Brasil.

De acordo com Brown, o Brasil é um país que se estrutura no racismo e que, por isso, “se desmontar o racismo, o país cai junto”.

“Um branco no meio de dois negão é vitima, temos que proteger esse branco. O Brasil é isso aí”, disparou o rapper.

Perguntado sobre sua participação em um ato antifascista em São Paulo, Brown disse que alguns podem até considerar um erro a realização de uma manifestação de rua em meio a uma pandemia, já que “a prioridade é a vida”.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247