Morgan Freeman sobre maconha: 'Como, bebo, fumo e cheiro'

O ator americano Morgan Freeman, 77 anos, defendeu em entrevista ao "Daily Beast" a legalização do uso recreativo da maconha; "Minha mulher me apresentou há muitos anos. Como eu uso? De qualquer jeito que vier! Eu como, bebo, fumo e cheiro", afirmou; "Esse movimento [de legalização] está vindo há muito tempo, e está ganhando pernas —pernas longas", completou; ator disse que sofre de fibromialgia, doença que provoca dor crônica e se manifesta especialmente nos tendões e nas articulações; "A única coisa que me dá algum alívio é a maconha", afirmou

O ator americano Morgan Freeman, 77 anos, defendeu em entrevista ao "Daily Beast" a legalização do uso recreativo da maconha; "Minha mulher me apresentou há muitos anos. Como eu uso? De qualquer jeito que vier! Eu como, bebo, fumo e cheiro", afirmou; "Esse movimento [de legalização] está vindo há muito tempo, e está ganhando pernas —pernas longas", completou; ator disse que sofre de fibromialgia, doença que provoca dor crônica e se manifesta especialmente nos tendões e nas articulações; "A única coisa que me dá algum alívio é a maconha", afirmou
O ator americano Morgan Freeman, 77 anos, defendeu em entrevista ao "Daily Beast" a legalização do uso recreativo da maconha; "Minha mulher me apresentou há muitos anos. Como eu uso? De qualquer jeito que vier! Eu como, bebo, fumo e cheiro", afirmou; "Esse movimento [de legalização] está vindo há muito tempo, e está ganhando pernas —pernas longas", completou; ator disse que sofre de fibromialgia, doença que provoca dor crônica e se manifesta especialmente nos tendões e nas articulações; "A única coisa que me dá algum alívio é a maconha", afirmou (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ator americano Morgan Freeman, 77 anos, defendeu em entrevista ao "Daily Beast" a legalização do uso recreativo da maconha. "Eles costumavam dizer 'Se você fumar esse troço, cara, você fica viciado!'", afirmou o ator. 

"Minha mulher me apresentou há muitos anos. Como eu uso? De qualquer jeito que vier! Eu como, bebo, fumo e cheiro! Esse movimento [de legalização] está vindo há muito tempo, e está ganhando pernas —pernas longas", completou.

O ator ainda defendeu que, ao contrário do álcool, a erva tem usos medicinais, dos quais ele mesmo se aproveita. "Eu tenho fibromialgia nesse braço e a única coisa que me dá algum alívio é a maconha", explicou o ator. Fibromialgia é uma doença que provoca dor crônica que migra por vários pontos do corpo e se manifesta especialmente nos tendões e nas articulações.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247