Morre, aos 87 anos, a atriz Eva Wilma

A atriz estava internada desde 15 de abril para tratar um câncer de ovário Filho da atriz, o músico e produtor John Hebert Junior usou as redes sociais para se despedir da mãe

(Foto: Arquivo pessoal)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A atriz Eva Wilma faleceu neste sábado (15) aos 87 anos. Ela tratava um câncer de ovário e estava internada desde o dia 15 de abril.

"Comunicamos que a atriz Eva Wilma, acaba de falecer às 22h08, no Hospital Israelita Einsteins, em São Paulo, em função de um câncer de ovário disseminado, levando a insuficiência respiratória. Nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares, especialmente a John Herbert Buckup Jr e Vivien Buckup", informou a assesoria da atriz. 

Eva Wilma Riefle Buckup nasceu em 14 de dezembro de 1933 na cidade de São Paulo. Iniciou a carreira artística aos 19 anos, no Ballet do IV Centenário de São Paulo, abandonando a dança pouco depois, quando recebeu os convites para integrar o Teatro de Arena e o programa “Alô Doçura”, da TV Tupi.

Pela TV Globo, Eva Wilma fez história com personagens que oscilavam entre mocinhas e vilãs, como as gêmeas Ruth e Raquel em "Mulheres de Areia" (1993), a Dra. Martha do seriado Mulher (1998/1999) e a perversa Altiva, de A Indomada (1997).

 Eva Wilma tinha 70 anos de carreira como atriz e está afastada da televisão desde 2018, quando fez a novela "O Tempo Não Para", exibida pela TV Globo.

Filho da atriz, o músico e produtor John Hebert Junior usou as redes sociais para se despedir da mãe.

Amigos e admiradores da atriz também lamentaram a morte da artista. O novelista Walcyr Carrasco, que classificou a atriz como “uma estrela da maior grandeza”. “Sem dúvida, uma das artistas mais talentosas do país, que dedicou sua vida à arte. Vá em paz, querida”.



O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email