Prevent cancelou contrato com Claudia Raia após atriz postar vídeo “ele Não”, contra Bolsonaro (vídeo)

Cancelamento do contrato aconteceu menos de 24 horas após a publicação de Claudia Raia nas redes. Veja vídeo que motivou o rompimento

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Hoje enfrentando denúncias de irregularidades em meio à CPI da Covid, a Prevent Senior já demonstrava alinhamento firme a Bolsonaro e decidiu demitir em 2018 a atriz Claudia Raia, após a global gravar um vídeo defendendo a campanha “Ele Não”, contra a candidatura do ex-capitão. 

A rede patrocinava naquele o momento o “_Teatral”, casa de espetáculos no Complexo Aché Cultural, em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. 

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo,no evento de agosto de 2018 que anunciou o _Teatral, Raia se gabava, com razão, de como tinha conseguido reunir e chefiar uma equipe formada por nomes de peso do meio cultural para o projeto que comandava. Entre os convocados, Adriana Calcanhotto, Rubens Ewald Filho, Ana Botafogo, José Possi Neto, Ingrid Guimarães, Rogério Flausino, Thalita Rebouças, Fernanda Gentil e Felipe Andreoli disseram “sim” à atriz.

PUBLICIDADE

No mês seguinte, logo antes do primeiro turno da eleição que alçou Bolsonaro ao Alvorada, Claudia Raia postou um vídeo de cinco segundos em que balança o dedo indicador de um lado para o outro e diz “ele não”.

"O que aconteceu é que, após uma postagem pessoal e apartidária nas minhas redes sociais sobre as eleições de 2018, os contratos foram cancelados, tive que cancelar apresentações, trabalhos de curadoria que já estavam fechados. Tudo isso teve um impacto não só para mim como para vários profissionais que estavam envolvidos. E não houve nenhuma explicação sobre o motivo, nada foi dito", afirma Raia. 

PUBLICIDADE


Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email