Raduan Nassar: os operadores da Lava Jato jamais serão absolvidos pela história

Detentor do Prêmio Camões e considerado um dos mais importantes escritores em língua portuguesa da história, o escritor Raduan Nassar havia publicado, em dezembro de 2018, uma de suas raras percepções sobre o cenário político, destacando o papel destrutivo da Operação Lava Jato para a economia e para a sociedade brasileira; hoje, ao ver a derrocada da operação em meio a acusações de desvios, abusos e delações ‘conduzidas’, o escritor ratifica o viés deletério da república de Curitiba e reafirma: “os operadores da Lava Jato, visceralmente anti povo, não serão jamais absolvidos pela História"

Raduan Nassar: os operadores da Lava Jato jamais serão absolvidos pela história
Raduan Nassar: os operadores da Lava Jato jamais serão absolvidos pela história
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Detentor do Prêmio Camões e considerado um dos mais importantes escritores em língua portuguesa da história, o escritor Raduan Nassar havia publicado, em dezembro de 2018, uma de suas raras percepções sobre o cenário político, destacando o papel destrutivo da Operação Lava Jato para a economia e para a sociedade brasileira. Hoje, ao ver a derrocada da operação em meio a acusações de desvios, abusos e delações ‘conduzidas’, o escritor ratifica o viés deletério da república de Curitiba e reafirma: “a Lava Jato causou um prejuízo incomparavelmente maior à nação do que a corrupção que pretextava combater."

Leia o texto de Raduan Nassar sobre a Lava Jato na íntegra:

"A destruição da soberania nacional tem um nome: Força Tarefa da Lava Jato. Em conluio com o Supremo Tribunal Federal e a Procuradoria Geral da República, a Lava Jato não só propiciou o golpe de 2016, como liquidou com a economia, quebrando inúmeras empresas, levando o desemprego às alturas, além da entrega a grupos estrangeiros das riquezas do país, como o pré-sal. A Lava Jato causou um prejuízo incomparavelmente maior à nação do que a corrupção que pretextava combater. 

Induzindo delatores a acusarem o ex-presidente Lula, escandalosamente premiados ao se submeterem, sem ao mesmo tempo imputar seus cúmplices tucanos, a Lava Jato primou sobretudo em sua perseguição empedernida – e sem provas – contra Lula, maior líder da História brasileira. 

Ao praticar ilegalidades, inclusive vazamentos fora dos autos, conduções coercitivas, e tantas outras, os operadores da Lava Jato, visceralmente anti povo, não serão jamais absolvidos pela História, serão antes execrados, quem viver verá."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247