Abílio vê sinais de retomada na economia

Para o empresário Abilio Diniz, que preside o conselho de administração da BRF, o mercado consumidor brasileiro já atingiu seu "fundo do poço" e os sinais de retomada estão aparecendo; segundo ele, o desempenho das vendas para o Dia dos Namorados já demonstra maior confiança; "Acredito no mercado interno crescente no terceiro trimestre. Nada de espetacular, mas já dando sinais de crescimento"; afirma ainda que os fundos de investimentos estrangeiros têm interesse de investir no Brasil e “só estão esperando regras e sinais claros de estabilização política"

Para o empresário Abilio Diniz, que preside o conselho de administração da BRF, o mercado consumidor brasileiro já atingiu seu "fundo do poço" e os sinais de retomada estão aparecendo; segundo ele, o desempenho das vendas para o Dia dos Namorados já demonstra maior confiança; "Acredito no mercado interno crescente no terceiro trimestre. Nada de espetacular, mas já dando sinais de crescimento"; afirma ainda que os fundos de investimentos estrangeiros têm interesse de investir no Brasil e “só estão esperando regras e sinais claros de estabilização política"
Para o empresário Abilio Diniz, que preside o conselho de administração da BRF, o mercado consumidor brasileiro já atingiu seu "fundo do poço" e os sinais de retomada estão aparecendo; segundo ele, o desempenho das vendas para o Dia dos Namorados já demonstra maior confiança; "Acredito no mercado interno crescente no terceiro trimestre. Nada de espetacular, mas já dando sinais de crescimento"; afirma ainda que os fundos de investimentos estrangeiros têm interesse de investir no Brasil e “só estão esperando regras e sinais claros de estabilização política" (Foto: Roberta Namour)

247 - Para o empresário Abilio Diniz, que preside o conselho de administração da BRF, o mercado consumidor brasileiro já atingiu seu "fundo do poço" e os sinais de retomada estão aparecendo.

Em palestra no Seminário Perspectivas para o Agribusiness, em São Paulo, disse que o desempenho das vendas para o Dia dos Namorados já demonstra maior confiança. "Acredito no mercado interno crescente no terceiro trimestre. Nada de espetacular, mas já dando sinais de crescimento.

Afirmou ainda que os fundos de investimentos estrangeiros têm interesse de investir no Brasil e “só estão esperando regras e sinais claros de estabilização política".

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247