Anac autoriza voos com pacientes em macas de isolamento total

Os equipamentos têm maca, barreira transparente para vedar o local em que o paciente se encontra e sistema de ventilação. O passageiro não tem contato com o ambiente externo

Prédio da  ANAC
Prédio da ANAC (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou, em caráter excepcional, o transporte de pacientes de coronavírus em dispositivos/macas de isolamento (Patient Isolation Device). A determinação é temporária.

Os equipamentos têm maca, barreira transparente para vedar o local em que o paciente se encontra e sistema de ventilação. O passageiro não tem contato com o ambiente externo.

De acordo com a medida, deverá ter fixação adequada à base do sistema médico instalado na aeronave. O volume de oxigênio deve ser dosado para o passageiro usá-lo durante o maior percurso possível da viagem.

O Brasil tem pelo menos 46,3 mil confirmações e  2,9 mil mortes provocadas pelo coronavírus.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247