André Esteves, do BTG, virou delator, aponta site de extrema direita

Depois da Odebrecht e da JBS, mais uma bomba no meio empresarial; o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, decidiu se tornar delator, informa o site O Antagonista; Esteves foi o idealizador da polêmica empresa Sete Brasil; em nota enviada ao 247, a defesa de André Esteves informou que os rumores sobre a delação "não têm fundamento"

SÃO PAULO, SP, 20.02.2013: MÔNICA BERGAMO/JANTAR - André Esteves durante jantar para arrecadar dinheiro e lançar o Centro de Sustentabilidade das Américas, no hotel Gand Hyatt. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, 20.02.2013: MÔNICA BERGAMO/JANTAR - André Esteves durante jantar para arrecadar dinheiro e lançar o Centro de Sustentabilidade das Américas, no hotel Gand Hyatt. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress) (Foto: Charles Nisz)

247 - Depois das delações bombásticas das empresas Odebrecht e da JBS, é a vez do banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, firmar acordo de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato.

A informação foi publicada pelo site de extrema direita O Antagonista.

Esteves foi o idealizador da polêmica empresa Sete Brasil, criada em 2011, com fundos de pensão e bancos de investimentos brasileiros como sócios, com a intenção de construir 28 sondas para perfuração de poços no pré-sal.

Em nota enviada ao 247, a defesa de André Esteves informou que "não têm fundamento rumores que vêm circulando na mídia sobre um suposto acordo de delação premiada do empresário e reafirma que ele não cometeu qualquer irregularidade".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247