Armínio diz que retrocesso na democracia já aconteceu

O economista Armínio Fraga, que é ligado ao PSDB e assessora o apresentador Luciano Huck, aponta o risco de um agravamento da questão política no Brasil, em razão do viés autoritário de Jair Bolsonaro. "O retrocesso já aconteceu. O risco é que piore mais ainda", diz ele

(Foto: World Economic Forum / Benedikt von Loebell)

247 – Em entrevista às jornalistas Luciana Rodrigues e Cássia Almeida, publicada no Globo, o economista Armínio Fraga aponta riscos de uma degradação ainda maior da democracia brasileira. "O retrocesso já aconteceu. O risco é que piore mais ainda. Sempre há esse risco. Isso é o que se vê no mundo afora. Existem dois aspectos do que vem acontecendo no planeta que são muito negativos para o Brasil. Do lado econômico, o mundo parece estar no fim de um ciclo de crescimento, com algum risco de recessão já visível a olho nu em várias regiões importantes enquanto nós, por outro lado, ainda estamos tentando sair do fundo do poço. O segundo ponto é político. O que se vê é uma proliferação de regimes onde as pessoas votam, mas que não são verdadeiramente democráticos. São com frequência populistas, autoritários, inimigos das instituições, inimigos da liberdade. E mais, com frequência descambam para o nacionalismo, que não deve ser confundido com patriotismo e outros sentimentos que podem ser bons", diz ele, que assessora o apresentador Luciano Huck.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247