BC quer que BTG compre fatia de Esteves no banco

Banco Central quer que o banco BTG Pactual compre a participação de André Esteves na instituição financeira; "Para o Banco Central, o ideal é que André Esteves venda a sua participação no BTG a fim de não contaminar o banco com o agravamento de sua situação jurídica", afirma o jornalista Kennedy Alencar; Esteves é o maior acionista do BTG, com 28,8% do banco, quem vale cerca de R$ 6,4 bilhões; sua situação se agravou nesse fim de semana, com a divulgação de que deu R$ 45 milhões ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB)

Banco Central quer que o banco BTG Pactual compre a participação de André Esteves na instituição financeira; "Para o Banco Central, o ideal é que André Esteves venda a sua participação no BTG a fim de não contaminar o banco com o agravamento de sua situação jurídica", afirma o jornalista Kennedy Alencar; Esteves é o maior acionista do BTG, com 28,8% do banco, quem vale cerca de R$ 6,4 bilhões; sua situação se agravou nesse fim de semana, com a divulgação de que deu R$ 45 milhões ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB)
Banco Central quer que o banco BTG Pactual compre a participação de André Esteves na instituição financeira; "Para o Banco Central, o ideal é que André Esteves venda a sua participação no BTG a fim de não contaminar o banco com o agravamento de sua situação jurídica", afirma o jornalista Kennedy Alencar; Esteves é o maior acionista do BTG, com 28,8% do banco, quem vale cerca de R$ 6,4 bilhões; sua situação se agravou nesse fim de semana, com a divulgação de que deu R$ 45 milhões ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Kennedy Alencar afirmou nesta segunda-feira, 30, que o Banco Central quer que o banco BTG Pactual compre a participação de André Esteves na instituição financeira. 

"Para o Banco Central, o ideal é que André Esteves venda a sua participação no BTG a fim de não contaminar o banco com o agravamento de sua situação jurídica", afirma Kennedy. Esteves é o maior acionista do BTG, com 28,8% do banco, quem vale cerca de R$ 6,4 bilhões. 

André Esteves já renunciou à presidência do BTG e do Conselho de Administração da instituição. Sua situação se agravou nesse fim de semana, com a divulgação de que deu R$ 45 milhões ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), para aprovar uma Medida Provisória que beneficiou o banco. 

A suspeita complica a situação de Cunha no Conselho de Ética da Câmara. "Eduardo Cunha, que havia saído do foco principal do noticiário com as prisões de André Esteves e de Delcídio do Amaral, voltou ao centro da fogueira política", afirma Kennedy. 

Leia na íntegra o comentário de Kennedy Alencar. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247