Belluzzo: “faleceu aos 19 anos o programa brasileiro de metas de inflação”

"O Banco Central, contrariando a opinião quase unânime do mercado, manteve a taxa Selic em 6,5% ao ano na quarta-feira 16", escreve Luiz Gonzaga Belluzzo na Carta Capital; "Os prejuízos pipocaram. Assim faleceu aos 19 anos de idade o programa brasileiro de metas de inflação. Gêmeo de outros espalhados ao redor do planeta, sucumbiu após uma infância difícil, maltratado pelos pais desde pequeno. O menor golpe de vento já o deixava enfermo e, ainda assim, insistiram em deixar janelas e portas abertas expondo o desafortunado às intempéries do ambiente externo", completa

"O Banco Central, contrariando a opinião quase unânime do mercado, manteve a taxa Selic em 6,5% ao ano na quarta-feira 16", escreve Luiz Gonzaga Belluzzo na Carta Capital; "Os prejuízos pipocaram. Assim faleceu aos 19 anos de idade o programa brasileiro de metas de inflação. Gêmeo de outros espalhados ao redor do planeta, sucumbiu após uma infância difícil, maltratado pelos pais desde pequeno. O menor golpe de vento já o deixava enfermo e, ainda assim, insistiram em deixar janelas e portas abertas expondo o desafortunado às intempéries do ambiente externo", completa
"O Banco Central, contrariando a opinião quase unânime do mercado, manteve a taxa Selic em 6,5% ao ano na quarta-feira 16", escreve Luiz Gonzaga Belluzzo na Carta Capital; "Os prejuízos pipocaram. Assim faleceu aos 19 anos de idade o programa brasileiro de metas de inflação. Gêmeo de outros espalhados ao redor do planeta, sucumbiu após uma infância difícil, maltratado pelos pais desde pequeno. O menor golpe de vento já o deixava enfermo e, ainda assim, insistiram em deixar janelas e portas abertas expondo o desafortunado às intempéries do ambiente externo", completa (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "O Banco Central, contrariando a opinião quase unânime do mercado, manteve a taxa Selic em 6,5% ao ano na quarta-feira 16", escreve Luiz Gonzaga Belluzzo na Carta Capital. "Os prejuízos pipocaram. Assim faleceu aos 19 anos de idade o programa brasileiro de metas de inflação. Gêmeo de outros espalhados ao redor do planeta, sucumbiu após uma infância difícil, maltratado pelos pais desde pequeno.

O menor golpe de vento já o deixava enfermo e, ainda assim, insistiram em deixar janelas e portas abertas expondo o desafortunado às intempéries do ambiente externo".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email