Bolsonaro diz que cogita não estabelecer teto de gastos para Forças Armadas

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), disse neste sábado (1º) considerar a possibilidade de não estabelecer um teto de gastos para as Forças Armadas em seu governo; para Bolsonaro, os aumentos salariais para militares, assim como os investimentos em infraestrutura, devem ser tratados como "prioridade"; "Forças Armadas são investimento e não despesa", disse o presidente eleito ao beneficiar a categoria em meio ao cenário de cortes sociais e desmonte do Estado

Bolsonaro diz que cogita não estabelecer teto de gastos para Forças Armadas
Bolsonaro diz que cogita não estabelecer teto de gastos para Forças Armadas (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247 - O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), disse neste sábado (1º) considerar a possibilidade de não estabelecer um teto de gastos para as Forças Armadas em seu governo. Para Bolsonaro, os aumentos salariais para militares, assim como os investimentos em infraestrutura, devem ser tratados como "prioridade", apurou reportagem do UOL. 

"Essa questão tem sido muito conversada com o (economista e futuro ministro da Fazenda) Paulo Guedes. Nós temos um orçamento diminuto, mas precisamos entender que aportes para as Forças Armadas são investimento e não despesa. O que for possível, faremos sim", garantiu, durante entrevista concedida depois da cerimônia de formatura dos aspirantes a oficiais da Aman (Academia Militar das Agulhas Negras) em Resende, no sul fluminense". 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247