CDN nega envolvimento de Mario Sabino no caso BB

Em nota, presidente da empresa, Joo Rodarte, afirma que o jornalista Mario Sabino, que se demitiu, no teve qualquer relao com a crise do Banco do Brasil

CDN nega envolvimento de Mario Sabino no caso BB
CDN nega envolvimento de Mario Sabino no caso BB (Foto: Divulgação)

247 – Nas próximas semanas, o Banco do Brasil conduzirá uma investigação interna para apurar quem vazou o sigilo bancário do ex-vice-presidente Allan Toledo e da aposentada Liu Mara Zerey. Ambos tiveram suas movimentações financeiras publicadas no jornal Folha de S. Paulo.

Como uma das assessorias de imprensa do BB é a CDN e, no auge da crise, deu-se a demissão do jornalista Mario Sabino, que havia acabado de ingressar na empresa após sua saída da revista Veja, especulou-se, nos meios jornalísticos, que os fatos poderiam estar relacionados.

Em nota enviada ao 247, o presidente da CDN, João Rodarte, garantiu que Sabino jamais atendeu o Banco do Brasil, nos seguintes termos:

“Com relação ao noticiário sobre a CDN, esclareço que o jornalista Mario Sabino trabalhou na agência do dia 14 a 27 de fevereiro, desligando-se espontaneamente para seguir outro caminho profissional. Neste curto período, Sabino em nenhum momento prestou serviços ao Banco do Brasil nem manteve qualquer contato com pessoas do banco, que é nosso cliente há dez anos”.

O ponto de contato entre a CDN e o Banco do Brasil é o vice-presidente Ricardo Oliveira, apontado em reportagens do fim de semana como o principal desafeto de Allan Toledo na instituição.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247