Concluir Angra 3 é prioridade, diz futuro ministro de Minas e Energia

O futuro ministro de Minas e Energia, almirante Bento Costa Lima de Albuquerque Júnior, disse ao jornal Estado de S. Paulo que a conclusão da usina nuclear Angra 3 "é uma das prioridades" da sua gestão. "Mas ela tem de ficar pronta, pela demanda reprimida que temos ou pela demanda reprimida que teremos, com a volta do crescimento do País"

Concluir Angra 3 é prioridade, diz futuro ministro de Minas e Energia
Concluir Angra 3 é prioridade, diz futuro ministro de Minas e Energia

247 – O futuro ministro de Minas e Energia, almirante Bento Costa Lima de Albuquerque Júnior, disse ao jornal Estado de S. Paulo que a conclusão da usina nuclear Angra 3 "é uma das prioridades" da sua gestão. O almirante concedeu entrevista às jornalistas Tânia Monteiro e Anne Warth. Confira, abaixo, um trecho:

Segundo ele, seriam necessários pelo menos R$ 15 bilhões para concluí-la e isso não aconteceria antes de 2023. Angra 3 já consumiu ao menos R$ 8 bilhões dos cofres públicos."Mas ela tem de ficar pronta, pela demanda reprimida que temos ou pela demanda reprimida que teremos, com a volta do crescimento do País."

Para o almirante, mesmo com a retomada do crescimento econômico, não há risco de apagão em um primeiro momento. Mas como o plano é que o País atinja um crescimento continuado, ele vê necessidade de se investir em Angra 3. Reconhece, no entanto, que nem a União nem a Eletrobrás têm recursos suficientes para a conclusão da planta nuclear, que está paralisada e com menos de 60% de execução. O futuro ministro disse também não saber que modelo será desenhado para conclusão da usina. "Mas isso tem de ser definido na maior brevidade possível."

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247