Congresso dos Estados Unidos acusa as “big techs” de práticas monopolistas

Segundo a comissão, as empresas usaram "aquisições matadoras" para destruir rivais, cobraram taxas exorbitantes e forçaram pequenas empresas a contratos "opressivos" em nome de lucro

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - Uma comissão da Câmara dos Representantes dos EUA que investiga abusos de poder de mercado por quatro das maiores empresas de tecnologia descobriu que elas usaram "aquisições matadoras" para destruir rivais, cobraram taxas exorbitantes e forçaram pequenas empresas a contratos "opressivos" em nome de lucro.

O relatório contundente de 449 páginas descreve dezenas de casos em que o Google da Alphabet Inc, a Apple Inc, a Amazon.com e o Facebook abusaram de seu poder, revelando culturas corporativas aparentemente empenhadas em fazer o que podiam para manter seu domínio sobre grande parte da Internet.

Confira vídeo da TV 247 sobre o poder dessas empresas:

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247