Conselho autoriza Petrobras a captar US$ 19 bi

Conselho de Administração da Petrobras autorizou a companhia a captar até US$ 19,1 bilhões  em recursos ao longo de 2015; comunicado divulgado nesta quinta-feira, 5, revelou a uma decisão do colegiado tomada em reunião na última sexta-feira, 27; uma fonte com conhecimento direto do assunto já havia dito à Reuters na quarta-feira que a diretoria havia recebido a autorização para as captações, mas que a forma e um cronograma para a contratação das dívidas ainda não estão definidos

Conselho de Administração da Petrobras autorizou a companhia a captar até US$ 19,1 bilhões  em recursos ao longo de 2015; comunicado divulgado nesta quinta-feira, 5, revelou a uma decisão do colegiado tomada em reunião na última sexta-feira, 27; uma fonte com conhecimento direto do assunto já havia dito à Reuters na quarta-feira que a diretoria havia recebido a autorização para as captações, mas que a forma e um cronograma para a contratação das dívidas ainda não estão definidos
Conselho de Administração da Petrobras autorizou a companhia a captar até US$ 19,1 bilhões  em recursos ao longo de 2015; comunicado divulgado nesta quinta-feira, 5, revelou a uma decisão do colegiado tomada em reunião na última sexta-feira, 27; uma fonte com conhecimento direto do assunto já havia dito à Reuters na quarta-feira que a diretoria havia recebido a autorização para as captações, mas que a forma e um cronograma para a contratação das dívidas ainda não estão definidos (Foto: Aquiles Lins)

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho de Administração da Petrobras autorizou a companhia a captar até 19,1 bilhões de dólares líquidos em recursos ao longo de 2015, segundo comunicado divulgado nesta quinta-feira, referindo-se a uma decisão do colegiado tomada em reunião na última sexta-feira.

Uma fonte com conhecimento direto do assunto já havia dito à Reuters na quarta-feira que a diretoria havia recebido a autorização para as captações, mas que a forma e um cronograma para a contratação das dívidas ainda não estão definidos.

(Por Gustavo Bonato)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247