Correios farão plano de demissão voluntária

Estatal vai apresentar em prevê um plano de demissão voluntária para cerca de 13 mil funcionários com 55 anos ou mais; a proposta garante 35% do salário dos servidores por dez anos; a economia para a empresa pode chegar a R$ 1 bilhão por ano; empresa deve registrar esse ano o quarto prejuízo consecutivo

Estatal vai apresentar em prevê um plano de demissão voluntária para cerca de 13 mil funcionários com 55 anos ou mais; a proposta garante 35% do salário dos servidores por dez anos; a economia para a empresa pode chegar a R$ 1 bilhão por ano; empresa deve registrar esse ano o quarto prejuízo consecutivo
Estatal vai apresentar em prevê um plano de demissão voluntária para cerca de 13 mil funcionários com 55 anos ou mais; a proposta garante 35% do salário dos servidores por dez anos; a economia para a empresa pode chegar a R$ 1 bilhão por ano; empresa deve registrar esse ano o quarto prejuízo consecutivo (Foto: Gisele Federicce)

247 – Os Correios vão apresentar em breve um plano de demissão voluntária (PDV) com foco em 13 mil funcionários com 55 anos ou mais, aposentados ou com tempo suficiente de trabalho para requerer aposentadoria.

A proposta da estatal, que deve registrar esse ano o quarto prejuízo consecutivo, garante 35% do salário dos servidores por um período de dez anos.

A estimativa, segundo informa reportagem do Estado de S. Paulo nesta terça-feira 8, é de que a economia para a empresa seja de R$ 850 milhões a R$ 1 bilhão por ano.

Os Correios informaram em nota que aguardam a aprovação do Ministério do Planejamento para apresentar o plano aos funcionários.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247