Eletrobras espera vender empresas de distribuição até 2017

Estatal federal Eletrobras convocou para 22 de julho uma assembleia de acionistas que levará à União um pedido para a injeção de pelo menos R$ 7 bilhões  em suas distribuidoras de energia elétrica, além de uma proposta para vender todas essas subsidiárias até o final de 2017

Estatal federal Eletrobras convocou para 22 de julho uma assembleia de acionistas que levará à União um pedido para a injeção de pelo menos R$ 7 bilhões  em suas distribuidoras de energia elétrica, além de uma proposta para vender todas essas subsidiárias até o final de 2017
Estatal federal Eletrobras convocou para 22 de julho uma assembleia de acionistas que levará à União um pedido para a injeção de pelo menos R$ 7 bilhões  em suas distribuidoras de energia elétrica, além de uma proposta para vender todas essas subsidiárias até o final de 2017 (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - A estatal federal Eletrobras convocou para 22 de julho uma assembleia de acionistas que levará à União um pedido para a injeção de pelo menos 7 bilhões de reais em suas distribuidoras de energia elétrica, além de uma proposta para vender todas essas subsidiárias até o final de 2017.

O edital de convocação da assembleia, divulgado na noite de quarta-feira, também não descarta a devolução das concessões das seis distribuidoras da Eletrobras que ainda não assinaram prorrogação de seus contratos vencidos em 2015, ao listar requisitos mínimos a serem atendidos ao menos pelas empresas que atuam em Rondônia (Ceron), Roraima (Boa Vista Energia) e Amazonas (Amazonas Energia).

Caso não sejam cumpridas essas metas, que incluem solução para problemas da Ceron com sobras de energia contratada e custos da Amazonas Energia com combustíveis não cobertos pelas tarifas, a estatal deverá aprovar a devolução dessas concessões e a adoção de providências para a liquidação dessas distribuidoras.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247