FHC não quis Serra, mas diz que Temer deve aceitá-lo na Fazenda

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso passou a defender, segundo informa a colunista Mônica Bergamo, que o senador José Serra assuma o Ministério da Fazenda num governo do vice-presidente Michel Temer; o curioso, no entanto, é que ele acaba de lançar um livro, chamado Diários da Presidência, em que explica por que sempre manteve Serra distante da Fazenda, nos oito anos em que foi presidente; "Eu lhe disse, com toda a franqueza, que só via duas maneiras de ele entrar para o Ministério da Fazenda: ou provocando uma crise, porque a sua entrada provocaria a crise, ou depois de uma crise, para solucionar um impasse”, escreveu FHC; Temer prefere Henrique Meirelles na Fazenda e Serra na Educação

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso passou a defender, segundo informa a colunista Mônica Bergamo, que o senador José Serra assuma o Ministério da Fazenda num governo do vice-presidente Michel Temer; o curioso, no entanto, é que ele acaba de lançar um livro, chamado Diários da Presidência, em que explica por que sempre manteve Serra distante da Fazenda, nos oito anos em que foi presidente; "Eu lhe disse, com toda a franqueza, que só via duas maneiras de ele entrar para o Ministério da Fazenda: ou provocando uma crise, porque a sua entrada provocaria a crise, ou depois de uma crise, para solucionar um impasse”, escreveu FHC; Temer prefere Henrique Meirelles na Fazenda e Serra na Educação
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso passou a defender, segundo informa a colunista Mônica Bergamo, que o senador José Serra assuma o Ministério da Fazenda num governo do vice-presidente Michel Temer; o curioso, no entanto, é que ele acaba de lançar um livro, chamado Diários da Presidência, em que explica por que sempre manteve Serra distante da Fazenda, nos oito anos em que foi presidente; "Eu lhe disse, com toda a franqueza, que só via duas maneiras de ele entrar para o Ministério da Fazenda: ou provocando uma crise, porque a sua entrada provocaria a crise, ou depois de uma crise, para solucionar um impasse”, escreveu FHC; Temer prefere Henrique Meirelles na Fazenda e Serra na Educação (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso passou a defender, segundo informa a colunista Mônica Bergamo, que o senador José Serra assuma o Ministério da Fazenda num governo do vice-presidente Michel Temer (leia mais aqui).

O curioso, no entanto, é que ele acaba de lançar um livro, chamado Diários da Presidência, em que ele explica por que sempre manteve Serra distante da Fazenda, nos oito anos em que foi presidente.

"Eu lhe disse, com toda a franqueza, que só via duas maneiras de ele entrar para o Ministério da Fazenda: ou provocando uma crise, porque a sua entrada provocaria a crise, ou depois de uma crise, para solucionar um impasse. Portanto, se algum ministro fracassasse, ele seria chamado”, escreveu FHC (saiba mais aqui).

Hoje, o ex-presidente tenta impor o nome de Serra ao vice Michel Temer, como condição para que o PSDB  apoie seu governo – Temer, no entanto, prefere Henrique Meirelles na Fazenda e José Serra na Educação.

Os conflitos demonstram que os sócios no impeachment já brigam abertamente pelo poder.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247