GM anuncia demissão de 4 mil trabalhadores nas próximas duas semanas

Segundo a agência Reuters, centenas de empregos já estão sendo cortados em centros de tecnologia da informação nos EUA, em estados como Texas, Geórgia, Arizona e Michigan. Mais de mil vagas foram encerradas em Warren, no Michigan Tech Center

GM anuncia demissão de 4 mil trabalhadores nas próximas duas semanas
GM anuncia demissão de 4 mil trabalhadores nas próximas duas semanas

247 - A General Motors (GM) anunciou nesta segunda-feira (4) que, nas próximas duas semanas, vai dar início ao processo de demissão de 4 mil trabalhadores na América do Norte, como parte de seu plano de "reestruturação".

Segundo a agência Reuters, centenas de empregos estão sendo cortados em centros de tecnologia da informação nos EUA, em estados como Texas, Geórgia, Arizona e Michigan. Mais de mil vagas foram encerradas em Warren, no Michigan Tech Center.

Em novembro, a GM anunciou que faria o corte de 15 mil vagas e o fechamento de plantas na América do Norte.

"Essas ações são necessárias para garantir o futuro da empresa", disse Pat Morrissey, porta-voz da GM, justificando que tais demissões iriam garantir outros empregos.

No Brasil, a preocupação é grande. O presidente da montadora no Mercosul enviou um email aos funcionários sobre no qual afirma que a GM Brasil teve prejuízo de 2016 a 2018, e que 2019 seria um ano decisivo.

A montadora tenta implementar a chamada jornada intermitente, em que o trabalhador só recebe por hora ou dia trabalhada e aumentar de 40 para 44 horas a carga horária de novos funcionários. Os sindicatos rechaçaram a proposta, apontando que tal medida representa a precarização dos direitos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247