Golpe arrasa o setor de cimento no Brasil

Vendas de cimento atingiram 57,2 milhões de toneladas no Brasil em 2016, queda de 11,7% em relação a 2015, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC); trata-se do pior número desde 2009

Vendas de cimento atingiram 57,2 milhões de toneladas no Brasil em 2016, queda de 11,7% em relação a 2015, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC); trata-se do pior número desde 2009
Vendas de cimento atingiram 57,2 milhões de toneladas no Brasil em 2016, queda de 11,7% em relação a 2015, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC); trata-se do pior número desde 2009 (Foto: Gisele Federicce)

247 - O golpe articulado por Aécio Neves, Michel Temer e Eduardo Cunha não para de arrasar os índices da economia. Desta vez, foi o setor de cimento que registrou queda nas vendas.

Em 2016, as vendas atingiram 57,2 milhões de toneladas no Brasil, uma queda de 11,7% em relação a 2015, de acordo com números divulgados pelo Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC).

Trata-se do pior número desde 2009. A ociosidade do setor está em 43% da capacidade instalada. A previsão é ainda pior: este ano, o setor acredita que esse percentual chegue aos 50%.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247