Grupo Rede dá prejuízo ao FGTS

Fundo com recursos do trabalhador foi usado para comprar participao em empresa com srias dificuldades financeiras

Grupo Rede dá prejuízo ao FGTS
Grupo Rede dá prejuízo ao FGTS (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O FI-FGTS, um fundo bilionário administrado pela Caixa Econômica Federal, com recursos dos trabalhadores, fez um negócio de retorno duvidoso: comprou, por R$ 600 milhões, uma participação de 25% no grupo Rede. A informação, que está no jornal Valor Econômico desta segunda-feira, foi publicada em primeira mão pelo 247 (leia mais aqui).

O problema é que o grupo Rede, do empresário Jorge Queiroz, enfrenta forte crise financeira e já acumula perdas de R$ 121,6 milhões nos nove primeiros meses de 2012. De acordo com a reportagem do Valor, a perda do FI-FGTS com o investimento no grupo Rede, que é dono da problemática Celpe, a empresa de energia do Pará, soma R$ 142 milhões. Ouvido pelo jornal, o superintendente de fundos da Caixa, Flavio Arakaki, informou que a perspectiva de retorno é de longo prazo, na casa dos dez ou doze anos.

Diversas empresas vêm tentando acessar os recursos do FI-FGTS, que oferece recursos para investimento de forma subsidiada. Uma delas é a MMX, do bilionário Eike Batista.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email