Guedes quer assumir o caixa do Sistema S

O ministro da Economia, Paulo Guedes, trava uma disputa com líderes das principais entidades do Sistema S para assumir o comando de um orçamento de quase R$ 18 bilhões. No centro desse embate estão a CNI, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e a CNC (Confederação Nacional do Comércio); para o governo, essas instituições vêm sendo usadas para promoção de políticos nos estados

Guedes quer assumir o caixa do Sistema S
Guedes quer assumir o caixa do Sistema S (Foto: Fábio Pozzebom - ABR)

247 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, trava uma disputa com líderes das principais entidades do Sistema S para assumir o comando de um orçamento de quase R$ 18 bilhões. No centro desse embate estão a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a CNC (Confederação Nacional do Comércio). Essas entidades administram a rede de Sesi, Senai e Sesc.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o governo Jair Bolsonaro entende que essas instituições vêm sendo usadas para promoção de políticos nos estados. 

Na CNI, a desavença de Guedes com Robson Andrade se tornou pessoal após a derrota do ministro na eleição do Sebrae, em novembro. Como Bolsonaro já estava eleito, Guedes acreditava que era prerrogativa do atual governo indicar o presidente da entidade. Foi derrotado pelo grupo de Temer e Robson", destaca a matéria.

"Além disso, CNC e Sebrae trocaram seus dirigentes pouco antes da posse de Bolsonaro, o que desagradou ao governo, que, agora, quer fazer uma faxina geral", diz o jornal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247