Ildo Sauer: 'só a quadrilha que governa o País comemora leilão do pré-sal'

Vice-diretor do Instituto de Energia e Ambiente da USP, Ildo Sauer, criticou o leilão de blocos de petróleo do pré-sal a preços irrisórios para multinacionais; "O petróleo tem um preço estratégico maior que a mera oferta e demanda e o governo deveria esperar a alta do preço do petróleo", diz Sauer; o professor da USP afirmou que qualquer governo legítimo que venha a existir a partir de 2018 precisa anular os leilões e privatizações feitas pelos “quadrilheiros” que atualmente comandam o país

Vice-diretor do Instituto de Energia e Ambiente da USP, Ildo Sauer, criticou o leilão de blocos de petróleo do pré-sal a preços irrisórios para multinacionais; "O petróleo tem um preço estratégico maior que a mera oferta e demanda e o governo deveria esperar a alta do preço do petróleo", diz Sauer; o professor da USP afirmou que qualquer governo legítimo que venha a existir a partir de 2018 precisa anular os leilões e privatizações feitas pelos “quadrilheiros” que atualmente comandam o país
Vice-diretor do Instituto de Energia e Ambiente da USP, Ildo Sauer, criticou o leilão de blocos de petróleo do pré-sal a preços irrisórios para multinacionais; "O petróleo tem um preço estratégico maior que a mera oferta e demanda e o governo deveria esperar a alta do preço do petróleo", diz Sauer; o professor da USP afirmou que qualquer governo legítimo que venha a existir a partir de 2018 precisa anular os leilões e privatizações feitas pelos “quadrilheiros” que atualmente comandam o país (Foto: Charles Nisz)

247 - O governo arrecadou R$ 6,15 bilhões com o leilão do pré-sal realizado nesta sexta-feira (27). No entanto, para o vice-diretor do Instituto de Energia e Ambiente da USP, Ildo Sauer, só a quadrilha que governa o país comemora o leilão do pré-sal. Sauer afirmou que qualquer governo legítimo que venha a existir a partir de 2018 precisa anular os leilões e privatizações feitas pelos “quadrilheiros” que atualmente comandam o país. 

“Esse leilão feito por um governo ilegítimo, assaltando a riqueza e o futuro do Brasil não deveria ter acontecido. É drástico dizer o que eu disse, mas quem estuda diz que esse não era o momento de fazer o leilão. Porque hoje o petróleo está em torno de 50 dólares o barril. O preço do petróleo não é o preço feito entre oferta e demanda de commodities normais. O petróleo tem um preço que é geopolítico estratégico”, disse Sauer.

O vice-diretor do Instituto de Energia e Ambiente da USP afirmou que “o Brasil está do lado errado”. De acordo com ele, o petróleo é produzido em 20 anos depois de iniciada a produção, que tipicamente é cinco anos após o leilão. "“É um tiro no pé achar que arrecadar R$ 6 bilhões para pagar a conta que o Temer fez para se manter. Nós precisamos que o preço fique alto e que na nossa exportação a gente pudesse arrecadar mais dinheiro pra resgatar a dívida com saúde pública, educação, meio ambiente, infraestrutura, tecnologia, com a reforma agrária”, disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247