Levy se reúne com representantes da Fitch Ratings

Em abril, a Fitch manteve o rating do país em BBB, mas alterou sua perspectiva para negativa. No começo do mês, a agência afirmou que o rating soberano dependerá de sua dívida e crescimento; ontem, em evento realizado pela Febraban, o ministro afirmou que País está em um processo contínuo de construção e convergência de elementos com a finalidade de conseguir acelerar a retomada do crescimento do Brasil

Em abril, a Fitch manteve o rating do país em BBB, mas alterou sua perspectiva para negativa. No começo do mês, a agência afirmou que o rating soberano dependerá de sua dívida e crescimento; ontem, em evento realizado pela Febraban, o ministro afirmou que País está em um processo contínuo de construção e convergência de elementos com a finalidade de conseguir acelerar a retomada do crescimento do Brasil
Em abril, a Fitch manteve o rating do país em BBB, mas alterou sua perspectiva para negativa. No começo do mês, a agência afirmou que o rating soberano dependerá de sua dívida e crescimento; ontem, em evento realizado pela Febraban, o ministro afirmou que País está em um processo contínuo de construção e convergência de elementos com a finalidade de conseguir acelerar a retomada do crescimento do Brasil (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, terá uma agenda movimentada nesta terça-feira (22). Às 10h30 (horário de Brasília), ele participa de um seminário da OCDE (Organização para Coordenação e Desenvolvimento Econômico) no Palácio do Itamaraty e, ao meio dia, reúne-se com representantes da agência Fitch Ratings.

Vale ressaltar que, na semana passada, o mercado ficou bastante apreensivo em meio a rumores de que a agência iria rebaixar o rating soberano do Brasil. Em abril, a Fitch manteve o rating do país em BBB, mas alterou sua perspectiva para negativa. No começo do mês, a agência afirmou que o rating soberano dependerá de sua dívida e crescimento.

Ontem, em evento realizado pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Levy afirmou que País está em um processo contínuo de construção e convergência de elementos com a finalidade de conseguir acelerar a retomada do crescimento do Brasil.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247