Medo da inflação afeta otimismo do brasileiro

O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor caiu 1,9% em abril na comparação com março e ficou em 112,1 pontos; de acordo com a pesquisa, a queda do otimismo dos brasileiros é resultado do aumento da preocupação com a evolução dos preços e da renda futura

Medo da inflação afeta otimismo do brasileiro
Medo da inflação afeta otimismo do brasileiro
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência CNI - O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) caiu 1,9% em abril na comparação com março e ficou em 112,1 pontos. Foi o menor valor desde agosto de 2011, informa a pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 25 de abril pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em relação a abril de 2012, o INEC deste mês recuou 0,8%.

De acordo com a pesquisa, a queda do otimismo dos brasileiros é resultado do aumento da preocupação com a evolução dos preços e da renda futura. O índice de expectativa de inflação caiu 5,1% em abril na comparação com março e 1,1% frente ao mesmo mês do ano passado. O índice de  expectativa de renda pessoal recuou 4,1% em relação a março e 0,9% na comparação com o abril de 2012.  

"Houve piora, igualmente, da avaliação dos consumidores acerca de sua situação financeira e de seu endividamento", afirma o estudo. O índice de expectativa com a situação financeira caiu 3,1% e o  de endividamento recuou 2,5% em relação a março.  "O aumento da preocupação com a inflação e com a renda pessoal afeta a demanda futura. Isso compromete a retomada do crescimento econômico", diz o economista da CNI Marcelo Azevedo.

No entanto, as perspectivas sobre o emprego  melhoraram em abril. O índice de expectativa de desemprego aumentou 1,8% frente a março e 2,1% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Além disso, o índice de compras de bens de maior valor cresceu 0,4% frente a março. Mas ainda é 1,1% menor do que o registrado em abril de 2012.

Realizada em parceira com o Ibope Inteligência, essa edição do INEC ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios entre os dias 11 e 15 de abril.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247