Ministério da Saúde pede que imposto de importação de agulhas e seringas seja zerado

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, enviou um ofício ao Ministério da Economia nesta segunda-feira (4) com a solicitação de isenção do tributo

Élcio Franco
Élcio Franco (Foto: Anderson Riedel/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, enviou nesta segunda-feira (4) um ofício ao Ministério da Economia solicitando que o imposto sobre importação de agulhas e seringas, materiais essenciais para a vacinação contra Covid-19, seja zerado no país.

A solicitação deve ser analisada somente na terça-feira (5), em reunião do Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Camex).

A articulação é mais uma etapa da tentativa do governo federal de adquirir insumos para a imunização da população. No domingo (3), a exportação dos materiais foi proibida.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email