Ministério Público Federal prepara denúncia contra grupo Gerdau

Depois da ação contra executivos do Bank Boston, a Operação Zelotes trabalha em denúncia contra integrantes do Grupo Gerdau por envolvimento em suposto esquema de compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recusros Fiscais), do Ministério da Fazenda; o presidente da siderúrgica, André Gerdau, não deve ser acusado, embora tenha sido indiciado pela PF; procuradores avaliam que ele não teve participação direta nos crimes

gerdau
gerdau (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Operação Zelotes, depois de ajuizar ação contra executivos do Bank Boston, trabalha em denúncia contra integrantes do Grupo Gerdau por envolvimento em suposto esquema de compra de decisões no Carf.

O presidente da siderúrgica, André Gerdau, não deve ser acusado, embora tenha sido indiciado pela PF. Procuradores avaliam que ele não teve participação direta nos crimes investigados, pois apenas assinou procuração para terceiros, que teriam atuado para manipular decisões. A estimativa é de um prejuízo de R$ 1,5 bilhão.

O grupo Gerdau nega ter “prometido, oferecido ou dado vantagem indevida” a servidores para que o Carf julgasse recursos em seu favor.

A companhia também diz que “jamais concedeu qualquer autorização para que seu nome fosse utilizado em pretensas negociações ilegais.” 

As informações são da Coluna do Estadão.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247