Minoritários querem Edemir fora da Bovespa

Associação Nacional de Proteção aos Acionistas Minoritários foi à Justiça de São Paulo para tentar impedir a recondução de Edemir Pinto à presidência da BM&F Bovespa; saída do executivo "é indispensável para a moralização do mercado de ações brasileiro. Enquanto ele estiver na direção da Bovespa os crimes contra minoritários continuarão ocorrendo, afastando os investidores e impedindo o crescimento da economia nacional", disse Aurélio Valporto, economista e conselheiro da associação

Associação Nacional de Proteção aos Acionistas Minoritários foi à Justiça de São Paulo para tentar impedir a recondução de Edemir Pinto à presidência da BM&F Bovespa; saída do executivo "é indispensável para a moralização do mercado de ações brasileiro. Enquanto ele estiver na direção da Bovespa os crimes contra minoritários continuarão ocorrendo, afastando os investidores e impedindo o crescimento da economia nacional", disse Aurélio Valporto, economista e conselheiro da associação
Associação Nacional de Proteção aos Acionistas Minoritários foi à Justiça de São Paulo para tentar impedir a recondução de Edemir Pinto à presidência da BM&F Bovespa; saída do executivo "é indispensável para a moralização do mercado de ações brasileiro. Enquanto ele estiver na direção da Bovespa os crimes contra minoritários continuarão ocorrendo, afastando os investidores e impedindo o crescimento da economia nacional", disse Aurélio Valporto, economista e conselheiro da associação (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A Associação Nacional de Proteção aos Acionistas Minoritários entrou no Tribunal de Justiça de São Paulo com medida cautelar pedindo liminar para impedir a recondução de Edemir Pinto à presidência da BM&F Bovespa.

"A saída de Edemir Pinto da presidência da Bovespa é indispensável para a moralização do mercado de ações brasileiro. Enquanto ele estiver na direção da Bovespa os crimes contra minoritários continuarão ocorrendo, afastando os investidores e impedindo o crescimento da economia nacional", disse Aurélio Valporto, economista e conselheiro da entidade.

Confira aqui a íntegra da medida cautelar e aqui o comprovante da entrega.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247