Na farra do petróleo, ANP diz que Petrobrás terá que devolver 100 campos de exploração

ANP deverá notificar a Petrobrás ainda esta semana para que devolva ou coloque em leilão mais de cem blocos de exploração terrestres e marítimos localizados em áreas de águas rasas da Bacia de Campos, segunda maior região produtora do Brasil; alegação é que a estatal não está investindo o suficiente no desenvolvimento destes campos; decisão foi anunciada faltando pouco mais de uma semana para a realização da 5ª rodada de leilão do pré-sal, que vem despertando a cobiça das grandes petroleiras internacionais

Na farra do petróleo, ANP diz que Petrobrás terá que devolver 100 campos de exploração
Na farra do petróleo, ANP diz que Petrobrás terá que devolver 100 campos de exploração

247 -  Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) deverá notificar a Petrobrás ainda esta semana para que devolva ou coloque em leilão mais de cem blocos de exploração terrestres e marítimos localizados em áreas de águas rasas da Bacia de Campos, segunda maior região produtora do Brasil. A alegação é que a estatal não está investindo o suficiente no desenvolvimento destes campos. Decisão da ANP foi anunciada faltando pouco mais de uma semana para a realização da 5ª rodada de leilão do pré-sal, que vem desertando a cobiça das grandes petroleiras internacionais.

"A ideia é ser o mais célere possível. Sabemos que a Petrobrás está se concentrando no pré-sal hoje e, por isso, coloca alguns campos em segundo plano. A legislação diz que uma empresa tem que aplicar as melhores práticas possíveis para produzir petróleo. Por isso, queremos que a estatal consiga transferir esses campos. O objetivo é estimular o investimento entre as pequenas e médias empresas do setor e estimular a indústria", justificou o diretor da ANP, Aurélio Amaral, durante palestra no evento Rio Oil & Gas, que acontece esta semana no Rio de Janeiro.

Ainda segundo ele, a Petrobrás terá 90 dias após a notificação para decidir se as áreas serão colocadas em leilão, devolvidas à ANP ou se apresentará um novo plano de desenvolvimento dos campos em questão.

Conforme Amaral, a Petrobrás possui 641 poços que produzem 1,7 mil barris de petróleo/dia, enquanto outros 86 poços localizados, boa parte deles localizada na camada do pré-sal, produzem cerca de 17 ml barris diários.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247