Pacote de estímulo ao setor de óleo e gás sai na próxima semana

Segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, os detalhes do anúncio serão definidos em reunião com a presidenta Dilma Rousseff e o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) na próxima segunda-feira (25)

Segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, os detalhes do anúncio serão definidos em reunião com a presidenta Dilma Rousseff e o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) na próxima segunda-feira (25)
Segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, os detalhes do anúncio serão definidos em reunião com a presidenta Dilma Rousseff e o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) na próxima segunda-feira (25) (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

O governo federal deve anunciar na próxima semana novas medidas para estimular o setor de petróleo e gás. Segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, os detalhes do anúncio serão definidos em reunião com a presidenta Dilma Rousseff e o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) na próxima segunda-feira (25).

Braga esteve hoje (20) à tarde com Dilma para tratar do assunto, mas os detalhes não foram fechados. “Nós imaginávamos que conseguiríamos equacionar tudo hoje, mas não conseguimos”, disse Braga. As medidas serão anunciadas na terça-feira (26). “Existe uma série de propostas que estão em discussão, mas estamos conversando com vários setores”, disse.

Ontem (19), Braga reuniu-se com a diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Magda Chambriard.

No início da semana, o ministro disse que o governo está concluindo estudos de medidas regulatórias para a alavancar o setor de petróleo e gás, que enfrenta problemas com o preço internacional e cortes de investimentos. Segundo Braga, as medidas terão impacto na desoneração do custo de produção e, portanto, na atratividade do investimento.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247