PanAmericano tem prejuízo de R$ 262,5 mi no segundo trimestre

Segundo o relatório do banco de André Esteves, o resultado negativo decorre do "menor volume de créditos cedidos no período, R$ 1,2 bilhão, comparados aos R$ 4,1 bilhões cedidos durante o primeiro semestre de 2011", entre outros fatores

PanAmericano tem prejuízo de R$ 262,5 mi no segundo trimestre
PanAmericano tem prejuízo de R$ 262,5 mi no segundo trimestre (Foto: Jin Lee/Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - O Banco PanAmericano, controlado pelo BTG Pactual, do banqueiro André Esteves, registrou prejuízo líquido de R$ 262,5 milhões, no segundo trimestre do ano. A informação foi divulgada na noite de ontem (9) pelo banco. No mesmo período do ano passado, o banco também registrou prejuízo, mas bem menor: R$ 25,5 milhões. No primeiro trimestre, houve lucro líquido de R$ 2,9 milhões.

Segundo o relatório do banco, o resultado negativo no primeiro semestre decorre do "menor volume de créditos cedidos no período, R$ 1,2 bilhão, comparados aos R$ 4,1 bilhões cedidos durante o primeiro semestre de 2011, e à maior despesa de provisão [recursos para cobrir possíveis perdas com inadimplência] para créditos de liquidação duvidosa".

A carteira total de crédito do banco chegou a R$ 10,757 bilhões ao final do segundo trimestre, 6% acima dos R$ 10,151 bilhões de igual período de 2011. O crédito para pessoas físicas correspondia a 84,9% da carteira, no final do último semestre.

O Índice de Basileia do banco estava em 20,13% em 30 de junho de 2012, comparado a 14,13% em 31 de março de 2012.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email