Petrobras perde 85% em valor de mercado desde pico de 2008

De acordo com a consultoria Economatica, é a empresa com maior perda de valor de mercado nominal desde o máximo histórico que aconteceu no dia 21 de maio de 2008

Um trabalhador pinta um tanque da Petrobras em Brasília. 30/09/2015. REUTERS/Ueslei Marcelino
Um trabalhador pinta um tanque da Petrobras em Brasília. 30/09/2015. REUTERS/Ueslei Marcelino (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A Petrobras encolheu 85,5% em valor de mercado, ou R$ 436,6 bilhões, desde o pico histórico da estatal na Bovespa em 2008, segundo levantamento da consultoria Economatica divulgado nesta terça-feira 19.

A máxima histórica foi registrada no dia 21 de maio de 2008, quando a estatal atingiu na Bovespa valor de mercado de R$ 510,3 bilhões.

No pregão desta segunda-feira, as ações da petroleira caírem abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 12 anos, levando a cotação do papel ao menor patamar desde novembro de 2003.

De acordo com a Economatica, a Petrobras foi a empresa com maior perda de valor de mercado nominal desde o máximo histórico que aconteceu no dia 21 de maio de 2008.

A consultoria aponta ainda que 28 das 57 empresas do Ibovespa perderam mais de 50% de valor de mercado desde o máximo histórico. A Gerdau Metalúrgica teve a maior queda percentual. Petrobras e Vale, a maior queda nominal.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247