Produção industrial tem queda de 2,5% em fevereiro

Redução ocorreu depois de dois meses de altas e é a maior registrada desde dezembro de 2008, quando houve recuo de 12,2%

Produção industrial tem queda de 2,5% em fevereiro
Produção industrial tem queda de 2,5% em fevereiro (Foto: Marcelo Justo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – A indústria brasileira apresentou queda de 2,5 % na produção de janeiro para fevereiro deste ano. Essa é a maior queda desde dezembro de 2008, quando houve recuo de 12,2%. A redução ocorreu depois de dois meses de altas, uma vez que em dezembro de 2012 e em janeiro deste ano houve crescimento de 0,1% e 2,6%, respectivamente.

O dado é da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada hoje (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre as categorias de uso, a queda foi puxada principalmente pelos bens de consumo duráveis, que tiveram redução de 6,8% na produção no período. Os bens de consumo semi e não duráveis registraram queda de 2,1% e os bens intermediários, de 1,3%. A única alta foi observada em bens de capital, com aumento de 1,6% na produção.

Entre as 27 atividades industriais pesquisadas, 15 tiveram queda. A maior redução foi observada no segmento dos veículos automotores, com recuo de 9,1% na produção em fevereiro. Outros setores que tiveram quedas importantes foram indústria farmacêutica (-10,8%) e refino de petróleo e álcool (-5,8%).

Em relação a fevereiro do ano passado, a indústria brasileira teve uma queda de 3,2 %. No ano, a indústria acumula alta de 1,1 %. Já nos últimos 12 meses, há uma queda acumulada de 1,9%.

Edição: Juliana Andrade

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email