Projetos orçamentários podem ser votados nesta quarta

Congresso Nacional manteve os cinco vetos da presidente Dilma Rousseff analisados em sessão na noite de terça-feira e limpou a pauta para votar os projetos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 e do Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - que funciona como o planejamento orçamentário de médio prazo 

Congresso Nacional manteve os cinco vetos da presidente Dilma Rousseff analisados em sessão na noite de terça-feira e limpou a pauta para votar os projetos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 e do Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - que funciona como o planejamento orçamentário de médio prazo 
Congresso Nacional manteve os cinco vetos da presidente Dilma Rousseff analisados em sessão na noite de terça-feira e limpou a pauta para votar os projetos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 e do Plano Plurianual (PPA) 2016-2019 - que funciona como o planejamento orçamentário de médio prazo  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O Congresso Nacional manteve os cinco vetos da presidente Dilma Rousseff analisados em sessão na noite de terça-feira, inclusive o que impede a desaposentação, e limpou a pauta para votar nesta quarta-feira os projetos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 e do Plano Plurianual (PPA) 2016-2019.

Não houve acordo na sessão conjunta de terça à noite votar as duas propostas orçamentárias, e uma nova sessão foi convocada para as 12h desta quarta para as votações, de acordo com a Agência Câmara Notícias.

O projeto do PPA, aprovado pela Comissão Mista de Orçamento no último dia 8, funciona como o planejamento orçamentário de médio prazo país. A partir das metas inseridas no plano é que são elaboradas a LDO e o Orçamento da União.

A LDO, por sua vez, foi aprovado na CMO em 12 de novembro. A LDO orienta o Congresso Nacional e os demais Poderes na elaboração da proposta orçamentária de 2016.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email