Tesouro libera 1ª parcela de auxílio a estados e municípios: R$ 15 bi

Segundo o Tesouro, serão repassados R$ 9,25 bilhões para os Estados, R$ 5,748 bilhões para os municípios e R$ 38,6 milhões para o Distrito Federal, num total de R$ 15,036 bilhões. As próximas parcelas serão pagas em 13 de julho, 12 de agosto e 11 de setembro de 2020

Moedas de 1 real
Moedas de 1 real (Foto: REUTERS/Bruno Domingos)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - Estados e municípios receberão nesta terça-feira o valor referente a junho da ajuda financeira aprovada pelo Congresso para recompor parte da sua perda de arrecadação em meio à pandemia do coronavírus, informou o Tesouro Nacional.

Serão repassados 9,25 bilhões de reais para os Estados, 5,748 bilhões de reais para os municípios e 38,6 milhões de reais para o Distrito Federal, num total de 15,036 bilhões.

Segundo o Tesouro, as próximas parcelas serão pagas em 13 de julho, 12 de agosto e 11 de setembro de 2020.

O projeto aprovado pelo Congresso prevê a injeção de 60,15 bilhões de reais do Tesouro em ajuda a Estados e municípios, em quatro parcelas. Além da transferência direta de recursos, o projeto prevê a suspensão da dívida dos entes com a União até o fim deste ano, num benefício de 35,34 bilhões de reais.

Estados e municípios também poderão renegociar obrigações com bancos públicos (alívio potencial de 13,98 bilhões de reais) e com organismos internacionais (10,73 bilhões de reais). Finalmente, haverá suspensão do pagamento de dívidas previdenciárias dos municípios até o fim deste ano, com impacto de 5,6 bilhões de reais.

Por Marcela Ayres

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email