União entre Itaú e BMG cria banco de R$ 1 bi

"Crescimento nessa modalidade será substancial", diz Roberto Setubal sobre crédito consignado

União entre Itaú e BMG cria banco de R$ 1 bi
União entre Itaú e BMG cria banco de R$ 1 bi (Foto: Brazil Photo press/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Um novo player no setor de crédito consignado acaba de surgir. É resultado da associação entre o Itaú (70%) e o mineiro BMG (30%), para a constituição do Banco Itaú BMG, com capital de R$ 1 bilhão. O contrato assinado entre as partes visa a oferta, distribuição e comercialização de créditos consignados no País.

Com a associação, Itaú Unibanco e BMG criam uma instituição financeira na qual o Itaú Unibanco deterá o controle, por meio da participação de 70% no capital social total e votante e o BMG deterá os 30% restantes. O capital social da nova empresa será de R$ 1 bilhão, a ser subscrito pelos acionistas na proporção acima.

O Itaú Unibanco contribuirá com sua capacidade econômico-financeira, experiência administrativa e de controles e o BMG contribuirá com sua competência comercial e operacional necessária ao desenvolvimento das atividades. A nova empresa compartilhará os canais de distribuição com o BMG e terá o direito de conceder 70% dos créditos consignados originados pelos referidos canais de distribuição. Os 30% remanescentes serão contratados diretamente pelo BMG.

Ao Itaú Unibanco serão assegurados a indicação da maioria dos membros do Conselho de Administração e o direito de indicar e aprovar todos os seus diretores (incluindo o Diretor Presidente), exceto os diretores responsáveis pelas áreas comercial, operações e cobrança, que serão indicados pelo BMG e aprovados pelo Itaú Unibanco.

As operações de crédito consignado feitas por meio das agências para os clientes do Itaú Unibanco, que estão em forte expansão, não serão integradas com as atividades da nova empresa.

"Esta é mais uma prova da confiança que temos no desenvolvimento do País nos próximos anos e no consequente aumento do crédito sustentável, que ganha mais espaço à medida em que a taxa de juros Selic vá caindo. Especialmente nesta modalidade de crédito consignado, onde acreditamos que o crescimento será substancial. Somando a nossa carteira própria com esta da nova empresa que estamos criando com o BMG, esperamos conquistar a liderança neste mercado e  nos próximos dois anos atingir o volume de aproximadamente R$ 12 bilhões", afirma Roberto Setubal, presidente do Itaú Unibanco.

O Itaú Unibanco e o BMG têm a intenção de efetivar a associação no prazo de 90 dias, condicionada ao cumprimento de condições precedentes, da celebração de contratos definitivos e das devidas aprovações regulatórias. Não se espera que a operação acarrete efeitos contábeis relevantes nos resultados do Itaú Unibanco deste exercício social.

"Esta operação é mais um passo no sentido de consolidar nossa estratégia de operar com ativos de menor risco e menor spread, com rentabilidade atraente. Com ela, reafirmamos também nosso compromisso com o mercado brasileiro e com a criação de valor a longo prazo para os nossos milhares de acionistas", acrescenta Roberto Setubal.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247