Rosangela Lyra: todos os democratas devem abraçar Lula e Alckmin

Empresária afirma que o apoio a Lula e Alckmin é um dever de todas as pessoas que prezam a civilização

www.brasil247.com - Rosangela Lyra, Lula e Alckmin
Rosangela Lyra, Lula e Alckmin (Foto: Ricardo Stuckert | Divulgação)


247 – A empresária Rosangela Lyra, que preside o Instituto Política Viva e a associação comercial dos Jardins e Itaim, dois bairros nobres de São Paulo, explicou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, por que rompeu preconceitos e passou a apoiar abertamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Não entendo como pessoas que se dizem democratas ainda não abraçaram a chapa Lula-Alckmin", diz ela. "Estamos numa luta entre civilização e barbárie", acrescenta.

Rosangela conta que sua mudança aconteceu em 2016. "Eu sempre combati a corrupção, mas nunca acreditei na bobagem de que o PT inventou a corrupção. Vi claramente como o processo judicial contra Lula na Lava Jato foi viciado", aponta. "Eu era uma tradicional eleitora do PSDB. Acabei saindo de grupos que eu mesma criei. Passaram a me chamar de petista caviar", relembra.

Ex-representante da marca Dior no Brasil, ela afirma que o governo Lula foi o auge do mercado de luxo no Brasil. "E tinha trabalho pra todo mundo. Antes, o filho do pedreiro virava médico. Hoje, o engenheiro vira motorista de Uber, sem nenhum demérito. No governo Lula, todo mundo se deu bem", diz ela. "Eu viajava muito a trabalho ao exterior. Ser brasileiro era demais. Hoje, nós somos a vergonha do mundo", ressalta.

Rosangela também afirma que ganhar no primeiro turno é muito importante para derrotar o bolsonarismo. "E não será possível conceder anistia a Jair Bolsonaro. Foram mais de 300 mil mortes desnecessárias. Eu me emociono quando vejo Paulo Gustavo", diz ela. Segundo a empresária, os apoios de Marina Silva e Henrique Meirelles ainda vão trazer muitos votos a Lula. "Mas o ódio não vai desaparecer simplesmente porque a economia vai decolar. O bolsonarismo precisa ser desmantelado para acabar essa força da mentira", destaca.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email