‘Vivemos uma ditadura do sistema financeiro’, diz Eduardo Moreira

Em entrevista ao The Intercept Brasil, o economista Eduardo Moreira disse que vê os bancos como o fator que mais corrói a democracia

www.brasil247.com -
(Foto: Felipe Gonçalves)


The Intercept - O carioca Eduardo Moreira, colunista da TV 247, fez carreira no mercado financeiro. Foi sócio de um banco e fundador de outro. Hoje, porém, dedica grande parte de sua energia criticando o trabalho de seus ex-colegas. Já escreveu três livros sobre problemas econômicos que assolam o país e ajudou a “hackear” o sistema ao usar o próprio mercado para financiar projetos do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, o MST.

Conhecedor desse controle, Moreira usou o que aprendeu como banqueiro para conseguir que cooperativas do MST tomassem empréstimos diretamente com 1,5 mil investidores a juros baixíssimos. Fez o MST emitir títulos de dívida, os CRA, certificado de recebíveis do agronegócio, um papel que circula pelo mercado financeiro do país.

Na conversa, ele explicou como isso foi possível, como a experiência do MST pode ser replicada por cooperativas de outros segmentos produtivos, além de como o governo poderia – se quisesse – ajudar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a entrevista na íntegra no The Intercept Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email